Polemicas do filme “O Exorcista”

Publicado: 28 de setembro de 2010 em Uncategorized
Tags:, , , ,

“O Exorcista” é um filme que causa arrepios até hoje. Seu sucesso é imortal. Uma história terrivelmente interessante, que mexe com nossos medos. O filme foi baseado em um romance de William Peter Blatty, que se inspirou em uma história supostamente real de um garoto que foi possuído pelo demônio.

Porém, um alto preço foi pago, já que muitos fatos misteriosos ocorreram durante as filmagens.

Os acidentes que ocorriam durante as filmagens de “O Exorcista” serviram para ajudar na publicidade do filme, embora tenham prejudicado intensamente as filmagens. Muitos acreditavam que eram meros acontecimentos do acaso, outros falavam em maldição. O diretor Friedkin pediu ao padre Tom Berminghan para exorcizar o set, mas Tom se negou pois tinha medo de aumentar a tensão já existente.

O INCÊNDIO NO SET

O incêndio no cenário de “O Exorcista” ainda é um mistério. O set pegou fogo num fim de semana quando não havia ninguém lá, deixando as gravações paradas por 5 semanas. Carpetes e paredes foram totalmente estragados. Os spriklers foram acionados, mas acabaram de estragar tudo. Até hoje ninguém encontrou o motivo do acidente, nenhum problema elétrico ou um incendiário criminoso, nada.

AS MORTES ENVOLVENDO PESSOAS LIGADAS AO FILME

Durante as filmagens, houve nove mortes com pessoas ligadas ao filme. Algumas diretamente como o ator Jack Macgowran, que também morre no filme, ele acaba sua participação em “O Exorcista” e dias após morre na vida real. Só de atrição morreram quatro. Em qualquer filme sempre há mortes de pessoas envolvidas, mas nove é bem além da cota. Pessoas ligadas indiretamente ao filme também morreram durante 21 meses de filmagens, como o irmão do ator Max Von Sydon, o assistente do cameraman, cuja esposa teve um bebê que morreu. O funcionário encarregado da refrigeração do set e um jovem vigia foram as outras vítimas.

A MORTE DO PADRE VELHINHO

Quando estava filmando Jason Miller costumava ir a um restaurante perto do seminário jesuíta. Certo dia um padre velhinho lhe deu uma medalhinha dizendo: “sabe pra que é isso? É um conceito do século XV, se fizer algo para o Diabo, ele virá pedir retribuição a você, ou vai tentar impedir o que está fazendo até que peça a ele. Esta medalha o protegerá, cuide-se bem.”
Três dias depois Jason Miller foi ao seminário jesuíta e encontrou em uma das salas laterais o velório daquele padre.

E aí, voce acredita?

comentários
  1. marilia disse:

    muito legal, nem imaginava.

  2. Edir disse:

    Eu morria de medo, quando mais novo….(ok, agora ainda um pouco)….
    Eu tinha ouvido falar anos atrás que a Linda Blair (se não me engano) a atriz principal do filme tinha ficado louca, mas depois disso (mesmo assim anos atrás) eu vi ela num talk show, já adulta (e aliás, muito estranha)…
    Também tinha ouvido falar que a menina do Polteirgeist tinha morrido, pois não tinha ciência do conteúdo dos filmes e quando assistiu, BUM, morreu…..tudo lenda urbana pelo visto.
    Contudo, acredito nas coisas como um todo, em especial em ENERGIAS, por isso não duvido que ALGUNS desses eventos dos bastidores de O Exorcista tenham acontecido mesmo. Mas, terceiros ligados a pessoas do filme eu já acho que não…. aí eu já acho coincidencia mesmo…..masssss….até que provem o contrário, né??;;;
    Ah, parabéns pelo site, muito legal.

  3. Matheus disse:

    Esse filme é cruel,porém realista. Apesar de eu ter crença em Deus, Achei ele muito original, roteiro bem escrito, muito ótimo e aterrorizante

  4. fred disse:

    eu achei muito loko esse filme eu acredito

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s