Mickey poderia te levar para o inferno?

Publicado: 22 de setembro de 2010 em Conspiração Mundial, Uncategorized
Tags:, , ,

Você deve estar pensando que este é só mais um video onde voce fica o tempo todo esperando algo acontecer, e no final aparece um monstro com um grito muito assustador e voce pula da cadeira, pois bem, seria algo antiquado e passado se fosse algo do gênero. Mas felizmente ou infelismente, nao foi oque aconteceu…

Dizem que o famoso desenhista Walt Disney foi ocultista, e poderia sofrer de uma forte depressão. Walt Disney culpava – se pela morte de sua querida mãe, isto deve ser uma das causas de sua depressão.

De volta ao vídeo, que poderia ser uma versão digitalizada de um filme que teria sido feito pela fase ocultista de Walt Disney, Mickey está andando com a cabeça inclinada para baixo, com uma expressão facial depressiva, dando um looping em seis prédios, com o plano da tela acinzentado e tocando uma música muito aterrorizante de piano como fundo do vídeo. Dá para se notar que o som é de um piano real em um local totalmente fechado para não entrar outro tipo de som ou ruído. O piano é tocado enquanto passa uma projeção do looping do Mickey sobre alguma parede. Isso leva a crer que talvez o vídeo do mickey não seja feito para o personagem, mas sim para induzir a um transe, Walt Disney poderia estar registrando uma tentativa de contato com sua mãe morta.

Inúmeros experimentos místicos são baseados na amortização da consciência. Monges usam a respiração cadenciada e o mantra. Certas praticas ocultistas do século XIX usam uma chama bruxuleante de uma vela, e os experimentos usando aparelhos de TV em feedback contínuo com uma câmera apontada para a tela jogando o sinal para a TV é usada por pesquisadores para obterem o que se chama de trans comunicação instrumental. Basicamente o que muitos alegam é que este tipo de atividade repetitiva seria capaz de gerar um tipo de portão de comunicação entre mundos. Muitas pessoas alegam terem visto pessoas mortas nos aparelhos de TV exibindo loops infinitos.

Imediatamente quando notei o piano e a cena em loop pensei se não estaria vendo o registro de um experimento ocultista do século XX. Segundo os dados que eu levantei, o vídeo original tem 9:04. Essa versão é sem o final.

Subitamente, o som fica chiado e, aos 1:49, a tela fica preta. Quando volta, aos 2:40, o som muda pra choro, murmúrios e gritos desesperados. O vídeo começa a ficar distorcido. Aos 4:40 o som começa a ficar com uma voz grossa e tem coisas que parecem estarem passando atrás da imagem.

Depois, aos 5:15, o choro se transforma em grito de dor. Cores aparecem, o filme fica com um fundo obscuro. 6:18. O Mickey Mouse fica sem o rosto. Volta uma música estranha, diferente da do início.

O fim desse vídeo é desconhecido. Segundo o relato da descrição, duas pessoas estavam assistindo o vídeo, mas Leonard Maltin não aguentou e saiu, deixando um funcionário pra fazer anotações de tudo, até o último segundo. O cara teria saído da sala, dito 7 vezes “o verdadeiro sofrimento não é conhecido”, então ele teria tirado a arma de um segurança e se matado.

No final tem um trecho de um texto em russo, onde se lê: “As visões do inferno conduzem os telespectadores para ele”.

Não se sabe  como ou devido a quem este vídeo teria vazado de dentro dos arquivos da Disney Company. Uma pessoa conseguiu uma cópia do material que Leonard Maltin e seu subordinado estavam registrando em mídia digital e enviou para um site de arquivos on line. Daí a coisa lentamente se espalhou. Há indícios de um email de Leonard Maltin questionando uma pessoa se ela teria informações sobre o vídeo. Isso levou à suposição de que a Disney estaria usando todo seu poder e influência para obter e deletar esses vídeos na net 

Dizem que o famoso desenhista Walt Disney foi ocultista, e poderia sofrer de uma forte depressão. Walt Disney culpava – se pela morte de sua querida mãe, isto deve ser uma das causas de sua depressão.

De volta ao vídeo, que poderia ser uma versão digitalizada de um filme que teria sido feito pela fase ocultista de Walt Disney, Mickey está andando com a cabeça inclinada para baixo, com uma expressão facial depressiva, dando um looping em seis prédios, com o plano da tela acinzentado e tocando uma música muito aterrorizante de piano como fundo do vídeo. Dá para se notar que o som é de um piano real em um local totalmente fechado para não entrar outro tipo de som ou ruído. O piano é tocado enquanto passa uma projeção do looping do Mickey sobre alguma parede. Isso leva a crer que talvez o vídeo do mickey não seja feito para o personagem, mas sim para induzir a um transe, Walt Disney poderia estar registrando uma tentativa de contato com sua mãe morta.

Inúmeros experimentos místicos são baseados na amortização da consciência. Monges usam a respiração cadenciada e o mantra. Certas praticas ocultistas do século XIX usam uma chama bruxuleante de uma vela, e os experimentos usando aparelhos de TV em feedback contínuo com uma câmera apontada para a tela jogando o sinal para a TV é usada por pesquisadores para obterem o que se chama de trans comunicação instrumental. Basicamente o que muitos alegam é que este tipo de atividade repetitiva seria capaz de gerar um tipo de portão de comunicação entre mundos. Muitas pessoas alegam terem visto pessoas mortas nos aparelhos de TV exibindo loops infinitos.

Imediatamente quando notei o piano e a cena em loop pensei se não estaria vendo o registro de um experimento ocultista do século XX. Segundo os dados que eu levantei, o vídeo original tem 9:04. Essa versão é sem o final.

Subitamente, o som fica chiado e, aos 1:49, a tela fica preta. Quando volta, aos 2:40, o som muda pra choro, murmúrios e gritos desesperados. O vídeo começa a ficar distorcido. Aos 4:40 o som começa a ficar com uma voz grossa e tem coisas que parecem estarem passando atrás da imagem.

Depois, aos 5:15, o choro se transforma em grito de dor. Cores aparecem, o filme fica com um fundo obscuro. 6:18. O Mickey Mouse fica sem o rosto. Volta uma música estranha, diferente da do início.

O fim desse vídeo é desconhecido. Segundo o relato da descrição, duas pessoas estavam assistindo o vídeo, mas Leonard Maltin não aguentou e saiu, deixando um funcionário pra fazer anotações de tudo, até o último segundo. O cara teria saído da sala, dito 7 vezes “o verdadeiro sofrimento não é conhecido”, então ele teria tirado a arma de um segurança e se matado.

No final tem um trecho de um texto em russo, onde se lê: “As visões do inferno conduzem os telespectadores para ele”.

Não se sabe  como ou devido a quem este vídeo teria vazado de dentro dos arquivos da Disney Company. Uma pessoa conseguiu uma cópia do material que Leonard Maltin e seu subordinado estavam registrando em mídia digital e enviou para um site de arquivos on line. Daí a coisa lentamente se espalhou. Há indícios de um email de Leonard Maltin questionando uma pessoa se ela teria informações sobre o vídeo. Isso levou à suposição de que a Disney estaria usando todo seu poder e influência para obter e deletar esses vídeos na net

confira o video abaixo:

e aí, você acredita?

comentários
  1. Sanynha disse:

    Credooo =X …

    Isso é bem estranho, mas eu acredito siim ! ;S

  2. Feh disse:

    Estranho d+++,mto medonho Ain credo!!! :s

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s